sábado, 31 de julho de 2010

O TOC da tuiteira

@ Antes eu era mística. Batia três vezes na madeira quando via fotos da família real inglesa – vá saber por que. Depois achei que era superstição, talvez um “Toc místico”, rezar uma Ave Maria enquanto via “Papo calcinha” na TV. Agora descobri que é só Toc mesmo. Tenho que parar com isso. Especialmente parar de contar carros com placas iniciada com W e meninas com melissinha.

@ Acho que foi o Orson Wells quem disse: “O que diferencia os homens dos animais é a vontade de tomar remédio”. Nesse aspecto, estou mais humana do que nunca. Medicamentos para depressão, para regular o humor, para dormir, para emagrecer. Mesmo assim, tenho a impressão de que a grande diferença entre nós e os bichos é a vontade de encher a cara.

@ A primeira pergunta que uma pessoa como eu faz quando entra de férias é: férias de que? Sou uma vagabunda em vários sentidos, mas quando o assunto é trabalho, sou uma vagabunda imbatível. Mesmo assim, olho no Google as possibilidades de destino. O mundo me espera. No final, tomo uma decisão racional e economicamente viável: passarei os próximos 30 dias sem sair de casa, no twitter e em outros sítios menos família. O Paulo Francis disse, antes de morrer de verdade, que já estava tecnicamente morto. Eu só estou viva virtualmente.

@ Tenho levado uma vida bastante conservadora em relação às outras pessoas. Nada de conjunções carnais ultimamente. A festa é comigo mesma, todos os dias, várias vezes. Mas para alcançar certos objetivos eróticos – o orgasmo é só um deles – preciso beber alguma coisa. Alguma coisa, não. Um monte de coisas. Mesmo sem ninguém por perto, sou tímida.

@ Um pouco de interação, só no twitter. Mas não tenho me sentido à vontade com certas expressões correntes. Chamar alguém de “seu lindo” ou “sua linda” não me soa natural. Sou uma pessoa trabalhada nos anos 90.

@_lulafalcão

2 comentários:

Karina Araújo disse...

Falcão, adoro seu blog!!!
volta e meia faço uma visitinha aqui...
super beijo, Kari

Lula Falcão disse...

Saudades, Karina. Quando você aparece em SP?
bjs

Postar um comentário